Cinema Quixadá - Documentário Sítio Veiga - Cine Ceará

Programação Mostra Olhar do Ceará 2017

Com patrocínio master da Enel e Oi e apoio cultural do Oi Futuro, o Festival acontece de 5 a 11 de agosto em Fortaleza e as 23 produções cearenses serão exibidas no cinema do Dragão do Mar.

O 27° Cine Ceará – Festival Ibero-Americano de Cinema selecionou 23 filmes de curta-metragem para a mostra Olhar do Ceará, criada na edição de 1999 como um espaço para ver e discutir o audiovisual cearense. Dentre os selecionados, são dez filmes de ficção, nove documentários e quatro produções experimentais. A melhor obra eleita pelo júri receberá o Troféu Mucuripe. O Cine Ceará acontece de 5 a 11 de agosto em Fortaleza e as exibições da Mostra Olhar do Ceará acontecerão no Cinema do Dragão.

PROGRAMAÇÃO GERAL (programação sujeita a alterações)

 

Read More

TABELA DE PISOS SALARIAIS: Vídeos, programas para TV e conteúdo audiovisual para internet

ATENÇÃO: As tabelas de piso são referentes a 6 horas diárias quando às filmagens forem realizadas em estúdio e de 8 horas diárias quando as filmagens forem realizadas em ambiente externo.

FUNÇÕES R$ Pagamento
DIRETOR DE CENA 1.987,78 Por Filme
ASSISTENTE DE DIREÇÃO 396,99 Por Semana
PRODUTOR EXECUTIVO 1.592,56 Por Semana
COORDENADOR DE PRODUÇÃO 954,13 Por Semana
DIRETOR DE PRODUÇÃO 795,11 Por Semana
ASSISTENTE DE PRODUÇÃO 238,54 Por Semana
DIRETOR DE FOTOGRAFIA 795,11 Diária
DIRETOR DE FOTOGRAFIA / OPERADOR DE CÂMERA 993,89 Diária
OPERADOR DE CÂMERA 477,08 Diária
ELETRICISTA OU MAQUINISTA CHEFE 318,02 Diária
ELETRICISTA OU MAQUINISTA 238,54 Diária
ASSISTENTE DE ELETRICISTA / MAQUINISTA 119,25 Diária
TÉCNICO DE EFEITOS ESPECIAIS 318,02 Diária
OPERADOR DE GERADOR 159,04 Diária
DIRETOR DE ARTE 795,11 Por Semana
CENÓGRAFO 596,33 Por Semana
ASSISTENTE DE CENÓGRAFO 298,19 Por Semana
FIGURINISTA 397,55 Por Semana
ASSISTENTE DE FIGURINISTA 198,76 Por Semana
PRODUTOR DE CASTING 397,55 Por Semana
PRODUTOR DE OBJETOS 397,55 Por Semana
PRODUTOR DE LOCAÇÃO 397,55 Por Semana
CABELEIREIRO 198,76 Diária
MAQUIADOR 198,76 Diária
MAQUIADOR DE EFEITOS ESPECIAIS 336,60 Diária
ASSISTENTE DE MAQUIADOR 99,39 Diária
ASSISTENTE DE CABELEIREIRO 99,39 Diária
CAMAREIRO OU GUARDA-ROUPEIRO 119,25 Diária
COSTUREIRA 159,04 Diária
TÉCNICO DE SOM DIRETO 481,68 Diária
MICROFONISTA 143,09 Diária
OPERADOR DE VÍDEO ASSIST 79,51 Diária
EDITOR / MONTADOR 556,57 Por Filme
ASSISTENTE DE EDITOR / MONTADOR 278,31 Por Filme
FINALIZADOR 198,76 Por Filme

Os valores das tabelas de Programas Para TV e Conteúdos Audiovisuais Para Internet abaixo referente aos anos 2016/17, foram obtidos no site do Sindcine.
Este ano o reajuste foi de 15%.
Os valores retroativos de 2016, referente aos meses de Maio a Outubro de 2016 serão pagos  em 3 parcelas consecutivas em Jan/Fev/mar de 2017.

VALE REFEIÇÃO
As empresas obrigam-se a fornecer a seus empregados uma alimentação subsidiada que consistirá, conforme sua opção, ressalvadas condições mais favoráveis, em TÍQUETE-REFEIÇÃO, no valor mínimo de R$ 17,00 (dezessete reais) cada. O empregado receberá tantos Tíquetes-Refeição quantos forem os dias de trabalho efetivo no mês, ou CESTA BÁSICA no valor equivalente ao tíquete-refeição mensal, salvo condições mais favoráveis praticadas pelas empresas.

HORAS EXTRA
As horas extras diárias serão remuneradas com o adicional de 50% (cinquenta por cento) para as primeiras duas horas extraordinariamente laboradas e de 100% (cem por cento) para as demais sobre a hora normal.

O Sindcine é o Sindicato dos Trabalhadores na Indústria Cinematográfica e do Audiovisual dos Estados de São Paulo, Paraná, Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Goiás, Tocantins e Distrito Federal.
ATENÇÃO: As tabelas de piso são referentes a 6 horas diárias quando às filmagens forem realizadas em estúdio e de 8 horas diárias quando as filmagens forem realizadas em ambiente externo.
Segue a tabela dos VALORES MÍNIMOS que devem ser cobrados por 6 horas em estúdio / edição e 8 horas em externas.

Read More
Escola de Cinema do Sertão - Foto Antonio Castelo

Escola de Cinema do Sertão segue com inscrições até 30/10 para curso de edição de vídeos

Quixadá, 25 de outubro de 2016 A Escola de Cinema do Sertão – projeto desenvolvido pelo Instituto Assum Preto de Arte, Cultura, Cidadania e Meio Ambiente de Senador Pompeu – está com inscrições abertas para o curso de edição de vídeos até domingo (30/10). No total, são 30 vagas, sendo 20 destinadas a ex-alunos do projeto e 10 para novatos. Para participar do curso, os candidatos devem ter conhecimento teórico sobre montagem ou edição de vídeos, e prática e familiaridade no uso do computador, mesmo que em atividades diversas. O curso é gratuito e as inscrições podem ser realizadas presencialmente na Fundação Cultural Quixadá, localizada à Praça Gladson Martins, Chalé da Pedra, das 8h às 12h e de 19 às 22h.

Após as inscrições, ocorre o processo de seleção, com divulgação dos selecionados no dia 4 de novembro, durante a Avant Première dos curtas-metragens da última turma do projeto Escola de Cinema do Sertão. As aulas acontecem a partir do dia 07/11 no Instituto Federal do Ceará (IFCE), campus Quixadá. O curso, com duração de 120 horas/aula, será ministrado pelo professor Rui Ferreira, carioca que atua no cenário audiovisual cearense há 25 anos e que traz como experiência de ensino na Universidade de Fortaleza (Unifor), no Instituto Dragão do Mar e na Escola Porto Iracema das Artes, dentre outras organizações e empresas.

O objetivo da Escola de Cinema do Sertão é a formação de editores com experiência na estrutura de peças audiovisuais nos mais variados formatos – sejam essas institucionais ou comerciais, nos gêneros documental, ficcional ou experimental. O curso proporciona, então, acesso ao conhecimento das principais técnicas de edição de conteúdo, com destaque para a compilação, preparação e avaliação do material a ser editado e a criação da estrutura de edição a ser implementada. Além disso, revela a história da edição e dá noções básicas de finalização, que consiste na correção das cores e na correção e equalização do som.

As aulas práticas são desenvolvidas na primeira parte do curso, através de revisões e reedicões de vídeos produzidos pela Escola de Cinema do Sertão, resultado da realização de três cursos profissionalizantes em cinema e audiovisual desenvolvidos e ministrados nos últimos três anos. Complementando as aulas práticas, a parte final do curso consiste na edição de quatro vídeos institucionais sobre o tema “Escola de Cinema e o Audiovisual no Sertão Central”. Com material de bastidores, fotos e vídeos de celular, além de depoimentos de alunos, a proposta é produzir e editar vídeos no formato institucional documental com quatro estilos diferentes de montagem ou quatro enfoques diversos sobre o mesmo tema, com o mesmo material.

“Essa é a concretização de um antigo desejo de todos nós que fazemos a Escola de Cinema do Sertão: garantir a realização de um dos cursos de maior demanda em todo o interior do Ceará”, comemora o produtor cultural Adriano Souza, fundador do Instituto Assum Preto de Arte, Cultura, Cidadania e Meio Ambiente de Senador Pompeu. “Para os nossos jovens, essa é a oportunidade de ir além da formação técnica e adquirir competência profissional, seja para atuar no mercado de trabalho ou para desenvolver projetos autorais. Essa é a missão da escola de cinema”, conclui.

Para realização do curso, o instituto conta com o patrocínio da Enel, empresa controladora da Coelce.

Sobre a Escola de Cinema do Sertão – Realizado pelo Instituto Assum Preto de Arte, Cultura, Cidadania e Meio Ambiente de Senador Pompeu, o projeto Escola de Cinema do Sertão atua com formação técnica e produção audiovisual desde 2012, especialmente em Quixadá. O projeto já possibilitou formação a mais de 300 jovens no Sertão Central do Ceará, e produziu 17 curtas-metragens em animação, documentário e ficção, com temáticas diversas, dentre estes, patrimônio, cultura, meio ambiente, utilização consciente dos recursos naturais (água), comunidade quilombolas etc.

Além dos benefícios artísticos e sociais, outra questão que justifica a profissionalização na área cinematográfica no sertão central, é o fato da região ser de fato um potencial para produções cinematográficas que, geralmente, trazem profissionais de Fortaleza ou de outras capitais brasileiras. Com a implementação do projeto Escola de Cinema do Sertão, a região passa a dispor de profissionais qualificados nesta linguagem artística, contribuindo para mudar essa realidade da realização audiovisual cearense.

Sobre o professor Rui Ferreira – Carioca radicado no Ceará há 28 anos, há 25 atua no audiovisual cearense. Produtor e diretor de curta-metragem e curta de animação, nos últimos 15 anos fixa-se como montador e editor de peças audiovisuais de conteúdo cultural; ficção, documentário e clipe musical, com mais de 200 peças montadas nos mais diversos formatos. Trabalhou por vários anos apoiando projetos de produção, difusão e formação de núcleos de audiovisual no interior.

Em Fortaleza, atuou em cursos de audiovisual no terceiro setor e em outras instituições como: Incra, TV Ceará, Unifor, Instituto Dragão Do Mar, Sebrae, Escola Porto Iracema das Artes, tendo participado da formação de diversos profissionais que hoje atuam no mercado do audiovisual nacional.

Atualmente trabalha desenvolvendo documentários para o departamento de projetos especiais da TV O Povo, com a produtora Usina de Entretenimentos, e como freelancer na montagem de filmes independentes. Seus últimos trabalhos são três longa-metragens: “A Lenda do Gato Preto”, do diretor Clébio Viriato Ribeiro; “Rita de Redenção – A Santa das Causas Impossíveis”, de Cássio Araújo; e “A Rainha e seus Reis de Barro”, de Marivalda Kariri.

SERVIÇO

ESCOLA DE CINEMA DO SERTÃO
Curso de Edição – Inscrições abertas
Data: Até 30/10 (domingo)
Local: Fundação Cultural de Quixadá (Praça Gladson Martins, Chalé da Pedra
Horário: Das 8h às 12h
Informações:
Adriano Souza (88) 9.99326025 Iris Freitas (88) 9.99508954 Antônio Castelo (88) 9.9655.4951
Informações: Helena Félix
Read More

IX Encanta Quixadá começa nesta quinta, 25/8, com homenagem a Cego Aderaldo. Confira a programação

Festival apresenta violeiros, declamadores, emboladores, grupos da cultura popular – como Irmãos Aniceto e Fulô da Aurora – além de artistas conhecidos nacionalmente, como Marcos Lessa e a dupla Ítalo e Renno

O município de Quixadá sedia, de 25 a 28 de agosto, o IX Encanta Quixadá: Pelejas e Improvisos, que conta com apoio do Governo do Estado do Ceará, através da Secretaria da Cultura. O evento é uma ação complementar ao XX Encontro de Profetas da Chuva, realizado em janeiro de 2016. Nessa edição, o festival de violeiros homenageia Aderaldo Ferreira de Araújo, o Cego Aderaldo. Na programação, shows musicais, exposições, seminário, oficinas de xilogravura e cordel, além das apresentações de violeiros, declamadores, emboladores e grupos da cultura popular tradicional, como os Irmãos Aniceto, do Crato (CE).  O festival acontece na praça Gladson Martins (Praça da Cultura) e é gratuito.

O festival de violeiros é uma ação complementar ao tradicional Encontro dos Profetas da Chuva, que atrai a atenção de todo o país para a “gente simples do sertão”, que carrega consigo dons que permitem a “leitura” dos fenômenos da natureza, proferindo suas profecias sobre a chuva. Tendo em vista que a identidade cultural do cearense possui estrita relação com a cantoria, foi criado o um festival de trovas, repentes e cantorias, denominado Encanta Quixadá. Anualmente, os cantadores apresentam seus repertórios históricos, por meio dos quais improvisam e reatualizam os mais variados temas, respaldados em série de regras para compor pelejas e repentes em diferentes gêneros.

“Parte dos profetas são violeiros e repentistas, o que se justifica pelo fato do sertão do cearense possuir forte identidade com a cultura da música de viola, da poesia popular e da literatura de cordel”, destaca Adriano Souza, produtor do IX Encanta Quixadá. A realização do evento busca o reconhecimento, a valorização e difusão de um dos maiores colaboradores da música popular do Ceará – Aderaldo Ferreira de Araújo, o Cego Aderaldo – que apesar de ter nascido no Crato, passou grande parte da sua vida em Quixadá.

IX Encanta Quixadá: Pelejas e Improvisos é uma realização do Instituto Assum Preto, de Arte, Cultura, Cidadania e Meio Ambiente de Senador Pompeu, em parceria com o Instituto de Viola e Pesquisa, Instituto Federal do Ceará (IFCE), e com apoio do Governo Federal por meio da Fundação Nacional das Artes do Ministério da Cultura (Funarte), e do Governo do Estado do Ceará, por meio da Secretaria de Cultura (Secult), através do edital de demanda espontânea.

Seminário

Como parte da programação do IX Encanta Quixadá, p seminário “Educação, cultura e democracia: o diálogo entre a diversidade cultural e as práticas escolares”, segue com inscrições abertas até sua abertura, no dia 27 de agosto, no auditório do campus do Instituto Federal do Ceará em Quixadá. Asinscrições são gratuitas e podem ser feitas previamente por meio do link https://goo.gl/OC9ePB ou do e-mail: encantaquixada2016@gmail.com, e de forma presencial na abertura do evento. No total, são 200 vagas.

Sob a coordenação do professor mestre em História, Aterlane Martins, e com a participação de palestrantes de segmentos diversos no campo das práticas culturais, o seminário propõe um amplo diálogo entre educação e  democracia, permeado pelas manifestações artísticas e culturais, quer em espaços escolares ou além destes.

Perpassando o rico universo da cultura popular, a palestra de Lourdes Macena aborda os saberes populares e sua intersecção com os conhecimentos formais, acadêmicos. A valorização dos mestres da cultura e dos agentes culturais e suas práticas artísticas como fontes para o ensino aprendizagem no âmbito escolar permeiam a sua fala.

Cícera Barbosa apresenta, por sua vez, a relação da cultura afrodescendente com a escola, para além da obrigatoriedade prevista em lei.  Ela fala sobre o valor da cultura negra no Brasil, como elemento formador da sociedade brasileira, e sua integração contemporânea a partir de articulações dos movimentos sociais e das políticas públicas por estes suscitadas.

A artista Sara Nina, do Coletivo Aparecidos Políticos, discute aspectos relativos ao aprendizado político na perspectiva do direito à memória e da cidadania plena. A arte, dentro do universo das linguagens contemporâneas, se apresenta como instrumento para uma educação integral e para a cidadania.

Finalizando o seminário “Educação, cultura e democracia: o diálogo entre a diversidade cultural e as práticas escolares”, Tomaz de Aquino demonstra as transformações no aprendizado integral de alunos e educadores na escola a partir do teatro, a partir da experiência de montagem e apresentação do espetáculo “Sob a pétala da pólvora”.

Os participantes recebem certificado como atividade de Extensão pelo IFCE com carga horária de 8 horas/aula.  “A amplitude dos debates contribuirá aos participantes em sua própria formação integral como educadores e como cidadãos”, reforça o coordenador do seminário.

IX ENCANTA QUIXADÁ – PROGRAMAÇÃO

QUINTA-FEIRA (25/08)

Fundação Cultural de Quixadá

9h às 12h – Oficina de Xilogravura

14h às 17h – Oficina de Cordel
Inscrições pelo e-mail:  encantaquixada2016@gmail.com
Mais informações: (88) 996178569/(88) 999326025

SEXTA-FEIRA (26/08)

Fundação Cultural de Quixadá

9h às 12h – Oficina de Xilogravura

14h às 17h – Oficina de Cordel
Inscrições pelo e-mail:  encantaquixada2016@gmail.com
Mais informações: (88) 996178569/ (88) 999326025

19h – Abertura da exposição “Cego Aderaldo: A trajetória de um poeta”

SÁBADO (27/08)

Auditório IFCE

8h às 12h – Seminário de Formação

13h30 às 17h – Seminário de Formação

Inscrições pelo e-mail:  encantaquixada2016@gmail.com
Mais informações: (88) 996178569/(88) 999326025

Fundação Cultural de Quixadá

18h – Exposição “Cego Aderaldo: a trajetória de um poeta”

Praça Gladson Martins (Praça da Cultura)

19h30 – Tropeiros da Borborema – PB

20h30 – Emboladores

21h – Declamador es

21h20 – Cantadores e Violeiros

23h – Show Musical – Fulô da Aurora – Fortaleza/CE

0h30 – Show Musical – Marcos Lessa, Fortaleza/CE

DOMINGO (28/08)

Fundação Cultural de Quixadá

9h – Café&Prosa com os Profetas

18h – Exposição “Cego Aderaldo: a trajetória de um poeta”

Praça Gladson Martins (Praça da Cultura)

19h – Grupo Para folclórico Fulô do Sertão – Senador Pompeu, CE.

20h – Irmãos Anicetos, Crato/CE.

20h40 – Declamador/Emboladores

21h – Cantadores e Violeiros

22h30 – Show Musical – Ítalo e Renno, Fortaleza/CE

Informações: Secult/CE

Read More